Aventuras confirmatórias

23 02 2013

Ary Boender

Muitos de nós que conhecemos o Worldwide UTE News e outras publicações do gênero vimos muitas vezes Ary Boender na posição de colunista e colaborador de loggings. Mas também há outro lado desconhecido de Ary: o intrépido caçador de confirmações. Ainda que sua busca não seja mais uma das suas prioridasdes, algumas de suas experiências do passado valem o registro. Deixaremos que ele mesmo conte sua história.

“Eu parei de colecionar cartões QSL há alguns anos porque o nível de retorno caiu muito e perdi o interesse. Além de muitos cartões QSL e cartas, revistas, livros, informativos, flâmulas, etc, nunca recebi nada especial de estações utilitárias com exceção de vários convites para visitas que fiz quando possível.

Sempre tive experiências muito gratificantes com NDBs. Várias foram as cartas repletas de entusiasmo em que o pessoal demonstrava um grande amor ao trabalho. Nestes casos não esqueça de incluir custeio de retorno e fotos da sua cidade, país e/ou de você.

O mesmo vale para estações meteorológicas na Alemanha, Reino Unido, Dinamarca e a Arkhangelsk Meteo. A resposta em todos os casos foi amigável e informativa. Mapas, boletins de transmissão e instruções para decodificação de códigos meteorológicos eram brindes comuns.

Bem menos amigáveis e até mesmo ameaçadoras foram algumas cartas de estações utilitárias de Malta, Alemanha e Canadá. Segundo elas eu ‘violei a lei’, ‘ouvi comunicações privativas’ ou ‘sintonizei frequências militares seguras’. A estação de Malta chegou a enviar uma queixa para o Ministério das Comunicações holandês.

Há alguns anos enviei um informe de recepção para a ATA (Agência de Notícias da Albânia) e obtive uma resposta do engenheiro chefe da estação. Ele me pediu para enviar informes de recepção por alguns meses pois estavam fazendo testes em várias frequências e horários. Naturalmente cooperei e enviei informes de recepção e comentários. Então ele perguntou se eu poderia enviar alguns componentes para o seu televisor Philips (uma empresa holandesa). Concordei e pedi que enviasse a lista para ver o que poderia fazer. Após recebê-la liguei para uma autorizada da Philips e perguntei pelo preço e se tinham os componentes em estoque. Eram relativamente caros, acima de $100 e meu “amigo” em Tirana esperava que eu pagasse por eles. Ele era pobre e eu rico, então esperava os componentes como um presente meu. Obviamente não tinha interesse em gastar mais de $100 com algo para um estranho. Para ajudá-lo comprei componentes 100% compatíveis a um preço mais razoável e os enviei. Ele não gostou do fato de não serem componentes originais Philips! Expliquei que eles eram muito caros, então recebi uma carta em que dizia estar desapontado porque eu poderia pagá-los facilmente. Após isso ele me enviou mais algumas cartas solicitando componentes de rádio e televisão, porém nunca mais respondi. Entendo que ele ganhava menos que eu, mas tal reação foi ultrajante.

Como resposta aos meus informes de recepção também recebi várias cartas de pessoas da União Soviética e Alemanha Oriental  perguntando se podiam me visitar. Isso ocorria pois precisavam de um endereço na Holanda para obter um visto. Uma mulher de Gana fez pior: leu meu nome em uma revista de rádio e enviou-me algumas cartas. Após algum tempo começou a pedir dinheiro para sua mãe doente e várias outras coisas. Ela também tinha um correspondente na Suíça que a convidou para visitar o país e também pagou pela viagem. Quando esteve lá ela tentou obter um visto holandês dando o meu endereço como contato e disse ao pessoal da embaixada que viveria comigo. Felizmente o Ministério das Relações Exteriores me ligou para verificar a história. Entendo que ela queria escapar da pobreza, mas não às minhas custas…

Outra mulher, desta vez da Alger Radio, enviou uma carta erótica perfumada e também me ligou, mas por conta da minha expressão em idioma Francês ser muito fraca e de ela não conhecer outro idioma que eu também falasse nós não conseguimos nos comunicar.

Não é um hobby fascinante? 🙂

Artigo traduzido mediante autorização do Worldwide Utility News Club. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.


Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.




%d blogueiros gostam disto: