Por que os QSLs são importantes

3 03 2018

Mark S. Konen

O QSL – aquele pequeno cartão ou carta de uma distante emissora de ondas curtas que faz com que o Dexista se mantenha em vigília na espera do carteiro; o pequeno cartão decorativo que então será mostrado orgulhosamente pelo Dexista a seus colegas. Por que ele é tão valioso?

Ele é o resultado final de horas, dias, meses e mesmo anos na caça de determinada captação e representa o triunfo final; uma vitória pessoal para o Dexista. Enquanto metade da batalha é sintonizar uma emissora rara, a outra é confirmá-la e esta etapa pode ser a mais desafiante e difícil. Obter a confirmação do tipo é uma recompensa bastante gratificante.

Então, o que é um QSL “legítimo”? Uma das coisas mais desmotivadoras que podem acontecer com um colecionador de confirmações é escrever um informe altamente detalhado para uma emissora difícil de captar e receber um cartão apenas agradecendo a correspondência ou algo similar. Isso é apenas uma confirmação de recebimento, não uma verificação de fato . A confirmação de recebimento não possui referência específica ao seu informe, não tendo o horário, data, frequência, nem confirmando ou negando os dados informados. Muitas vezes a emissora não sabe o que o ouvinte quer em uma verificação, não se importa com isso ou mesmo não tem tempo ou pessoal disponível para fazê-la. Se for pela primeira razão, as chances aumentam se você escrever uma carta cordial explicando exatamente o que quer. Mas, se a dificuldade for pelas outras razões a situação será mais difícil. Se você escrever um informe detalhado, interessante e preciso e enviar algum pequeno souvenir pode ter a sorte de receber o QSL. Em algumas situações o envio de um dólar tem ajudado a obter confirmações interessantes.

Se após alguns meses você não tiver recebido uma resposta da emissora, pode ser hora de fazer um reenvio. Caso ela seja facilmente ouvida, poderá sintonizá-la novamente e fazer um novo informe sem menção ao anterior. Caso seja mais difícil a escuta, é sempre bom ter uma cópia do informe original. Em caso positivo, poderá enviá-lo com uma carta amigável afirmando que por alguma razão não obteve resposta e solicitando o QSL. Caso não receba a resposta, primeiramente examine seu informe. Ele tem o horário, data, frequência e endereço correto? Foi redigido em um idioma aceitável? Você enviou IRCs ou selos do país da emissora? Os IRCs são aceitos em tal país? Uma carta registrada não ajudaria o informe chegar ao seu destino? Ou será que a emissora simplesmente se recusa a confirmar? De qualquer forma não faça o reenvio pouco depois do envio original e nem demore muito. Use o bom senso.

Quando os QSLs começarem a chegar, acondicione-os de forma cuidadosa. Compre uma pasta e organize-os cronologicamente, por continente, faixa ou como achar melhor. A partir de então sua coleção ganhará mais e mais valor.

Artigo traduzido mediante autorização. A publicação em qualquer outro meio é expressamente proibida.

Você já conhece o canal Regional DX no Youtube? Vídeos novos publicados nos dias pares do mês. Não deixe de se inscrever, curtir os vídeos, comentar e compartilhar o conteúdo. Visite em youtube.com/regionaldx


Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.




%d blogueiros gostam disto: